28
mar
11

O Amor da Sua Vida

afimVim hoje trazer algumas questões bastante interessantes; espero que vocês (leitores), gostem. Estava assistindo ‘Ele não está tão afim de você’ com minha namorada, e quando estava na metade, eis que surgiu um tópico bastante interessante:

Um dia qualquer, no meio da sua vida ‘feliz’, enquanto você está com uma pessoa que julga amar, e ser amado; num barzinho qualquer, com amigos que você não via há tempos, sem jamais esperar, aparece alguém. Um alguém deveras interessante, que parece ser feito pra você, só que, como o destino vive judiando dos seres humanos, no momento desse tão sonhado encontro, você está no meio daquele relacionamento sério, com uma pessoa que você julga amar. E aí, o que fazer?

Aparentemente, aquele novo alguém, pode ser o amor da sua vida. Se fosse você, leitor(a), deixaria o possível amor da sua vida escapar pelas suas mãos? Trairia seu relacionamento sério? Criaria um novo sentimento chamado amor-amizade, para tentar armenizar esse outro amor? Largaria a pessoa que ama, pelo possível amor da sua vida? Será que vale a pena mudar tudo aquilo que você tem, toda a segurança que você construiu, por um alguém que te fez sorrir no momento em que vocês trocaram as primeiras palavras? Você iria mesmo deixar o amor da sua vida aparecer, e passar?

E, independente da escolha que você tomasse, o que você seria? Covarde? Traidor? Cafajeste (homem ou mulher)?

Por favor, leitor(a), reflita, e responda. (hehe)


4 Responses to “O Amor da Sua Vida”


  1. 1 Maria
    15 de abril de 2011 às 12:46 PM

    Eu acho que no começo todos os relacionamentos são bons ao ponto de levarem sorrisos com pequenas palavras. Não adianta jogar tudo para o alto por uma sensaçao que pode durar apenas alguns meses. Relacionamento é conviver. É brigar, amar, discutir e fazer as pazes. O que adianta trocar de parceiro toda vez que alguem novo e legal e aparecer para que dentro de alguns meses a relaçao mude e você mude novamente? O importante é aprender a lidar com as diferenças sempre, ninguém é igual e em qualquer novo relacionamento vão existir contravençoes.

  2. 2 re
    31 de janeiro de 2012 às 5:54 AM

    aihn, bobinho! não se ama duas pessoas, isso é uma desculpa para não se entregar! eu li uma vez que se você ta em dúvida entre dois amores, opte pelo segundo, pois se você realmente amasse o primeiro não teria essa dúvida! e concordo plenamente com isso! 😛

  3. 3 Jessica mayara
    9 de abril de 2012 às 6:11 PM

    Na minha opiniao existe mto covardes,tipo esse que nao tem coragem de assumir o amor da vida dele (a) principalmente esses que vao pela beleza

  4. 4 Jessica mayara
    9 de abril de 2012 às 6:12 PM

    Na minha opiniao existe mto covardes,tipo esse que nao tem coragem de assumir o amor da vida dele (a) principalmente esses que vao pela beleza,ama e tem medo d assumir por causa da beleza pessoa e vao muitos pelas ideias dos amigos…


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: