16
mar
11

Muito Melhor Que A Tua Ex

menageDepois de passar quase uma hora, para descobrir seu nome, você me vem com um ‘preciso pegar uma bebida’, e me deixa sozinho no meio da boate. Rodo todo o estabelicimento a procura de qualquer vestigio do seu cabelo dourado; nada.

Eu queria desencanar, mas por algum motivo fiquei hipnotizado pela sua presença; já passava das três da manhã quando te encontrei tropeçando para um sofá, meio embriagada. Decidi lhe mostrar para um amigo meu, quem era a tal garota que estava me enlouquecendo; e ele comentou que lhe conhecia. Consequentemente, conhecia seu ex. Seu problemático ex.

Disse-me que ele era ciumento, fazia tempestade em um copo d’água; que mais parecia uma namorada; disse-me ainda que você era uma mulher sensacional, que eu não tinha chance alguma. O que mais eu poderia querer ouvir?

Desafio aceito. E daí que você tinha um eterno ex-namorado? E daí que você terminava e voltava a cada três onzenas? Não me interessava mais, você era meu alvo, e não ia parar por nada.

(…)

Talvez mais por estar bebada, do que por ter percebido meu potencial, você me deixou te roubar dali. Me deixou te roubar pra mim. Não foi nada cofidencial, você continuou me hipnotizando, até eu te deixar em casa e você em vez de dizer um simples ‘tchau’, me veio com um ‘adeus’.

(…)

E agora estamos nesse jogo estranho de reencontro constragedor. Toda vez que estamos juntos e você o vê, rola aquele clima estranho. Isso me irrita muito, vocês estão naquele tipico estado de ‘nem fode, nem saí de cima’; e eu estou preso nessa confusão todinha. Sabe porque eu simplesmente não vou embora? Porque eu sei o que quero tentar, e mais ainda, sou Muito Melhor Que ‘A Tua’ Ex.


2 Responses to “Muito Melhor Que A Tua Ex”


  1. 1 'Carolina anerao
    24 de março de 2011 às 5:32 AM

    é realmente ridículo, como com tanta vontade eu quis viver um momento com a pessoas que me hipnotizava , mais tinha uma eterna ex namorada, daquelas que faz cena, sempre tem amigos em comum, e parece de certa forma ainda hipnotizar o meu objeto de maior desejo, enfim, encontros ridículos com você me faz a cada vez que em nossos olhos se encontram pensar “será que ele pensa em mim como eu penso nele?” gostaria de ao menos causar o incomodo que eterna “ex” causa, pois juntos ou separados em memória e vida diária estão sempre junto e isso é pior do que um casamento, onde se vive junto até mesmo quando se quer estar só nem que seja para pensar na vida, ou no seu saldo bancário rs; cá entre nós… que se foda a vida e esse amor complicado, um amor complicado vai perdendo a graça a leveza do sentimento,por fim viramos eternos “ex’s”e aprisionados a isso, então sobre todo meu sentimento e desejo, entrego a minha indiferença… descobri quem quando alguém passa a provar da indiferença do outro que por hora foi quem mais lhe amava , faz com que eu sinta falta e deseje descobrir o que houve com os sentimentos que sem mais ou menos eram oque me trazia alegria; 1 bjo, não tinha o que fazer e escrevi baboseiras aqui HAHA AMO ESSE BLOG, se pudesse me casava com o bruno e a alice (aquelas) rs; mentira, amo tudo oq escrevem, mais dai a rolar um sentimento, só se eu fosse muito tieti assim como sou do Elvis e o Cazuza -n

  2. 29 de março de 2011 às 1:16 AM

    HUSIIHUSHUISIHUSI, valeu Carol,
    “ex’s são um carma que não dá pra apagar do passado, sempre incomoda o presente, e impede o futuro” como diz uma amiga minha.
    HSUSHUUSIUIS
    cheiro


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: