Arquivo para janeiro \29\UTC 2011

29
jan
11

Fotos da ganhadora do sorteio.

Junto com um pedido de desculpas pela minha falta com vocês aqui, posto as fotos da Monick que ganhou o livro do Luis Fernando Verissimo no nosso sorteio.


Aqui vai um trechinho do que ela me mandou por email junto com as fotos:

“Bem, a história é muito instigante e devorei o livro em dois dias, rsrsrs. Quero agradecer o cartãozinho super fofo que você mandou, achei muito bacana e com certeza sempre participarei de outras promoções do “Muito Melhor Que a Tua Ex” pois eu sempre achava que essas promos eram balela, mas vi que pelo menos no Muito Melhor.. o negócio é sério mesmo. rs”

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Logo logo volto de viagem e as coisas se normalizam por aqui.
Beijinhos.

08
jan
11

Tempo, o senhor da vida?

Me perdoem pelo que vem pela frente, pode soar pessimista essa próxima frase mas, se você quiser perder uns minutinhos do seu tempo e prestar atenção no resto, vai entender o que eu quero dizer. O tempo não me ensinou porra nenhuma, o tempo nunca curou nenhuma ferida ou me ajudou a ver meus erros. O tempo não me ajudou a juntar os caquinhos do meu coração quando alguém partiu, quando alguém conseguiu pisar no meu calo e me magoar pra valer. O tempo não me ajudou a arrumar um emprego. O tempo não me ajudou a crescer na vida. O tempo não me ajudou a escolher minha profissão. O tempo não me fez amar ninguém. O tempo não supera a morte de alguém que a gente ama. O tempo não me tornou madura.

O que me ensinou tudo que eu sei até hoje, foram as merdas que eu fiz, as porradas que eu levei por conta dessas merdas, os conselhos que eu absorvi e as piores sensações que a gente pode sentir na vida. Todo esse reforço negativo em diversas situações, me disse: Alice, não vá por aí. E eu não fui mais. Mentira, eu ainda repeti algumas vezes alguns erros, para que realmente aprendesse. O que curou minhas feridas foi ocupar minha mente, viver, viver e viver, conhecer gente nova, ter novas experiências positivas pra lembrar. É óbvio que o tempo não apaga ninguém da sua vida, das suas lembranças. O tempo não transcende os sentimentos, eu vou sempre sentir saudade de algumas pessoas e sempre vou querer vê-las; abraçá-las; dizer que amo, mesmo que não possa.

O que me faz ver meus erros são as minhas reflexões, minha consciência, os estragos causados, os meus amigos, meus pais, minha irmã e todos que são importantes na minha vida. Dizer que o tempo cura tudo, ensina tudo, é muito fácil. É uma coisa que as pessoas gostam de soltar por aí, sem nem ao menos pensar no real significado disso. Quer dizer que se eu levar um pé na bunda e passar o resto da minha vida no sofá, minha dor vai estar curada? Logo vai me aparecer um novo amor? Tudo vai melhorar? Não! O que resolve mesmo é motivação, coragem pra tirar a bunda do sofá e viver. A cada patada a gente fica mais forte. O importante não é o que o tempo faz por você, mas sim o que você faz consigo mesmo no decorrer do tempo.

Tem coisa que nem o tempo, nem sua maturidade, nem seus erros… Mudará. Por exemplo, sempre vai existir gente falsa, e você sempre vai ter que lidar com isso, seja fazendo a política da boa vizinhança ou enfrentando. Por mais que você queira muito, nem sempre você pode ter o que quer. Você vai ser, pra sempre, muito diferente do seu melhor amigo, mas, ainda assim vocês vão continuar se amando no matter what. Não é conformismo ou comodismo, é porque é assim que a vida é. E isso é tão bonito, aceitar certas verdades inegáveis. É, você tem razão, tem umas que descem completamente amargas, mas outras descem doces. E uma não é mais bonita que a outra, porque com ambas que aprendemos a viver a vida.

O senhor da sua vida é você mesmo! Saiba disso e a conduza. Coloque o tempo em seu devido papel: coadjuvante. Tudo na vida pode ter mesmo seu tempo certo pra acontecer, mas você vai esperar pra ver? Faça acontecer, acreditar que forças superiores vão conduzir a sua vida é muito fácil, difícil é viver. Ninguém controla o tempo, ele realmente é um danado! Tem dias que chega qualquer hora, menos a hora de largar no trabalho. Ontem era janeiro e agora já acabou o ano…

É tudo relativo, e até o tempo é reverente às nossas vivências, porque são elas que determinam a noção de tempo que temos. Tudo que é bom dura pouco, muito pouco! E por isso mesmo que é inesquecível, porque a saudade é um troço que dura pra sempre! Estanca momentaneamente quando se possui a presença. Seja a presença de alguém, de algum sentimento ou coisa. Preste atenção no que está fazendo da vida, o ontem já passou, mas o amanhã ainda não chegou. O tempo passa, meu amigo. O tempo voa!

“O tempo passa e um dia a gente aprende. Hoje eu sei realmente o que faz a minha mente. Eu vi o tempo passar, vi pouca coisa mudar, então tomei um caminho diferente. Tanta gente equivocada faz mal uso da palavra. Falam, falam o tempo todo mas não tem nada a dizer, mas eu tenho santo forte, é incrível a minha sorte. Agradeço todo tempo por ter encontrado você”.