04
ago
10

A “velocidade” é igual ao “espaço” sobre o “tempo”.

“Você só precisa encontrar a pessoa certa”. Todo mundo já disse isso alguma vez na vida, ou pior, já ouviu. E você sabe que é verdade. Aquela amiga sua deprimida porque tá sozinha, não arruma um namorado nem a pau, o que dizer pra consolar? Que ela ainda vai arrumar o cara certo pra ela, né? Tá bom então. Em toda a minha existência (não que eu seja velha) eu nunca encontrei o cara certo! Onde esse desgraçado se enfiou? Só Deus sabe, ou nem mesmo ele.

Vai ver é só implicância do meu cupido comigo, ou vai ver o meu cupido misturou trabalho com seus próprios sentimentos e se envolveu, agora ele tá tão apaixonado que não quer me dividir com ninguém… eu sei lá! O fato é que, ninguém pode esperar pela pessoa certa, porque ela nunca vai aparecer se você ficar só esperando! Na verdade, ela não vai aparecer porque não existe pessoa certa pra ninguém, existe alguém que a princípio faz teu tipo e que aos poucos vai te ganhando sabe-se lá como. Não existe fórmula  pra isso! Tinha gente que cantarolava por aí que ainda encontraria a fórmula do amor, mas, até hoje, não ouvi ninguém cantarolar que já achou.

Sem esse papinho motivacional. A pessoa certa não é aquela que tem tudo a ver com você,  não é aquela que é linda e usa roupas e perfumes legais. Esse alguém não é perfeito pra você, nem é perfeito pra ninguém. Afinal, você é perfeito? Não, querido(a), você não é! A menos que você seja @ocriador, aí tudo bem. A pessoa certa é, na verdade, qualquer pessoa na hora certa e no lugar certo. Tudo bem, eu vou explicar meu ponto… você tá sozinha, tá até pensando que seria bom ter alguém com você agora, tá carente… bom, aí você percebe que precisa de um namorado.

Depois de constatar isso, e conhecer zilhões de pessoas que não querem nada com nada, você encontra alguém que definitivamente não é a pessoa certa, mas é alguém que também tá passando pelo mesmo momento, ou não, talvez só seja alguém atrás de uma pessoa pra ter algo mais sério e tal. E enfim, vocês começam algo… você não suporta mortal kombat, mas tanto faz, você gosta de tantas outras coisas nele.

O ponto é que, não é a pessoa certa, é só um fulano de tal que te encontrou na hora certa no lugar certo. Não foi porque ele fez qualquer coisa extraordinária, foi só o tempo e o espaço conspirando para que desse certo. Vocês tinham o mesmo interesse, no mesmo momento. E o espaço também tem sua influência, vai que você conhece a pessoa “errada”, que no fim vai dar certo contigo, num lugar totalmente inapropriado ou onde um contato seja meio que impossível? Não vai adiantar de nada. Quanto mais vezes você estiver no lugar certo, na hora certa, maior a velocidade em que você vai encontrar o alguém errado (ou certo? Tanto faz!).

Talvez você acabe num carro do ano, numa viagem pra sua casa de praia, com duas ou três crianças berrando atrás, e cheio de alegria porque vocês deram certo. Mas talvez não, e o que importa? Existem outros milhões de pessoas erradas por aí esperando outra coincidência de tempo e espaço para acontecer novamente. A gente se apaixona pelo alguém errado, mas o que mantém mesmo o sentimento e/ou relacionamento são os interesses de cada um. E a fórmula só funciona assim: pessoas erradas, no espaço e tempo certos, acabam dando certo.

Que seja, talvez seja só mais uma das minhas teorias mirabolantes. Talvez não.


4 Responses to “A “velocidade” é igual ao “espaço” sobre o “tempo”.”


  1. 4 de agosto de 2010 às 10:13 PM

    tava na hora de alguem se movimentar, e retirar a poeira e as baratas disso aqui.

    SHIUSHUIIUSHUISIUHUISHSUIHUIS,

    já tava com saudade das tuas teorias hmm

  2. 2 Kélcia Rejane
    5 de agosto de 2010 às 7:33 PM

    Tava com uma saudade dos seus textos!!! Excelente!!!
    E eu tô nessa situação: “… deprimida porque tá sozinha, não arruma um namorado nem a pau…” kkkk

  3. 3 Nataly
    6 de agosto de 2010 às 12:17 AM

    Ameeeeeeeeeeeeeeeeeei o texto, porque sabe, eu acho que o meu cupido também tá mortinho de amores pela minha adorável pessoa… Humm, será????

    MAs, adorei sua teoria, e bem, ela é até que bem plausível…

    Enfim, estava com saudadonas dos seus textos, porque é incrível, são sempre a minha cara!!!!!!!!!

    Beijos e queijos!

  4. 4 nanda
    6 de outubro de 2010 às 1:31 PM

    não é uma teoria mirabolante não!
    gostei muito!
    haha
    beijos! e parabens pelo blog (de novo)


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: