25
jun
10

Procura-se quem tenha o coração desenvolvido.


É isso mesmo, procura-se quem tenha o “órgão muscular oco que bombeia sangue” muito do desenvolvido. Primeiramente, peço desculpas a você que acessou o “Muito Melhor que a tua Ex” hoje procurando um dos nossos textos habituais. Hoje, eu vim falar de solidariedade e de amor ao próximo. Então, se você prestar atenção, vai entender que eu não to fugindo tanto do tema do Blog, já que se trata também de amor.

“Tempos difíceis esses, em que é mais fácil quebrar um átomo que um preconceito”, já dizia Albert Einstein. Mas, eu vou além, pra mim tempos difíceis são esses, onde é mais fácil quebrar um átomo que amolecer um coração. Não pense que eu vou fazer rodeios sem fim e nunca chegar no ponto principal do texto, só acho que é importante enfatizar a nossa falta de amor ao próximo. O amor ao próximo independe de religião, crenças ou qualquer coisa assim, tem mais a ver com “humanizar”.

Hoje eu saí um pouquinho do meu país das maravilhas e passei pelo município de Barreiros, me deparei com uma das coisas mais tristes que eu já vi de perto na vida. Confesso que eu vejo as coisas nos noticiários, nas revistas e na internet, me sinto triste, mas logo passa e isso não interfere muito na minha vida. E é o que acontece com a maioria de nós, a gente vê, se sente mal, às vezes pensa em fazer algo e não faz. Enquanto isso, muitas pessoas estão por aí sofrendo por algo que não muda em nada na nossa vida. Mas hoje, qualquer coisa mudou pra mim.

Eu vi de perto o que essa chuva sem fim causou aqui no nordeste, e confesso que dessa vez eu não chorei por fora, nenhuma lágrima caiu do meu rosto, mas por dentro eu chorei. E esse choro interno, pega pesado com a gente, dá um choque de realidade maior do que qualquer outra coisa, porque esse sim é um movimento de dentro pra fora. Eu não vi em nenhuma foto, não foi a Fátima Bernardes que me disse, eu que vi com meus próprios olhos, pessoas que perderam tudo. E mais que isso, eu vi os olhares dessas pessoas.

Quando eu falo que essas pessoas perderam tudo, é tudo mesmo. Perderam familiares, perderam seus bens(coisas que esse povo já tão sofrido, tanto lutou para conquistar), perderam suas lembranças, seu travesseiro preferido, a TV nova que ainda falta pagar, o brinquedo do natal passado, as fotos de nascimento do primeiro filho, perderam a dignidade, muitos perderam também os seus empregos, perderam aquilo que se chama “lar”, ou seja, uma boa parte de suas vidas.

Descobri o que é dor no coração ao ver gente, catando na lama restos de suas vidas. O olhar que arrepia a pele de quem vê, aquele que diz que não sabe se vale a pena tanta luta, se ela for em vão. Enquanto os caminhões traziam uma mistura de lama com pedaços da vida de muitas pessoas, essas se esbarravam na busca de qualquer coisa que se pudesse resgatar. As lembranças, os momentos em cada canto da casa, as fotos e muitas outras coisas, nós não podemos recuperar, mas temos obrigação, como seres humanos de fazer algo. A gente deve fazer o que pode, pra ajudar essa gente tão castigada.

Não pude ver essas coisas e não fazer nada, sei que a minha parte é muito pequena com relação aos danos, mas cada um que faça a sua parte já se consegue muito. Eu não to pedindo que ninguém se sacrifique pelo outro, apenas que faça o que puder, e o que o seu coração mandar. Espero que esse Post faça como essa visita fez comigo, que ele cause em quem ler um movimento de dentro pra fora, um impulso de mudança, aquela sede de ajudar.

Sei que muita gente vai ignorar o texto, outras vão começar mas não vão chegar até o fim do texto. Mas, se você chegou até aqui, peço que, por favor ajude. Procure nas suas coisas alguma roupa que você já não usa mais, mas que vai servir pra alguém. Doe cestas básicas, alimentos, um pouco do seu tempo em prol de quem precisa muito mais do que você. Foram aproximadamente 45 mortos e agora, são milhares de desabrigados nos estados de Pernambuco e Alagoas. No momento, o exército tem tentado impedir que passem fome. Há superfaturamento de preços e faltam água, energia e comida. A Defesa Civil informou que União dos Palmares, Branquinha, Rio Lago, Viçosa, Santana do Mundaú e Quebrangulo foram destruídas. E há pelo menos 48 municípios afetados.

Ajude essas pessoas a reconstruírem suas vidas:

– Alagoas:

O governo de Alagoas divulgou a conta bancária para as pessoas que desejarem contribuir para o atendimento às vítimas das chuvas no Estado. Contas:

* Banco do Brasil

Agência: 3557-2

Conta: 5241-8

* Caixa Econômica Federal

Agência: 2735

Conta: 955-6

Operação: 006

* 1º GBM (1º Grupamento de Bombeiros Militar) – Rodovia 316, Km 14, Tabuleiro dos Martins, próximo a Policia Rodoviária Federal.

* GSE(Grupamento de Socorros de Emergência) – Conjunto Senador Rui Palmeira, S/N.

* SGIA (Subgrupamento Independente Ambiental) – Av. Dr. Antônio Gouveia, S/A, Pajuçara, próximo ao Iate Clube Pajuçara.

* QCG (Quartel do Comando Geral) – Av. Siqueira Campos, S/N, Trapiche da Barra, próximo a Pecuária.

* Cedec (Defesa Civil Estadual)- Rua Lanevere Machado n.º 80, Trapiche da Barra, próximo a Pecuária.

* GSA (Grupamento de Salvamento Aquático) – Av. Assis Chateaubriand, S/N, Pontal, próximo a Braskem.

* 2º Grupamento de Bombeiros Militar – Maragogi, tel: (82) 3296-2026 / 3296-2270.

* 6º Grupamento de Bombeiros Militar – Penedo, tel: (82) 3551-7622 / (82) 3551-5358.

* 7º Grupamento de Bombeiros Militar – Arapiraca e Palmeira dos Índios, tel: (82) 3522-2377, (82) 34212695.

* 9° Grupamento de Bombeiros Militar – Santana do Ipanema e Delmiro Gouveia, tel: (82) 3621-1491 / (82) 3621-1223.

– Pernambuco:

Contas:

– Banco do Brasil – Agência 1836-8, Conta-corrente 100.000-4;

– Bradesco – Agência 3201-8, Conta-corrente 600.000-2;

– Banco do Nordeste – Agência 044-2, Conta-corrente 21.462-7

* A portaria do colégio Boa Viagem está recebendo doações inclusive durante o feriado.

* CPRH, em Casa Forte: http://www.cprh.pe.gov.br/home/40025;55731;10;988;1207.asp

* Instituto de Assistência Social e Cidadania do Recife (Iasc), localizado na Rua Imperial, 202, no bairro de São José.

* Associação Pernambucana dos Cabos e Soldados (ACS-PE) na rua Amaro Bezerra nº 489 – Derby – Recife.

* Posto de arrecadação instalado pela Polícia Militar na Quadra Poliesportiva do Quartel do Comando Geral, no Derby.

* Instituto Federal de Pernambuco – Av. Prof Luiz Freire, 500 Cidade Universitária.

* Sede da Guarda Municipal, na rua dos Palmares, 550, em Santo Amaro.

* CTTU, na rua Frei Cassimiro, 91, em Santo Amaro.

* Posto de Permanência da Guarda Municipal, no Terminal Marítimo.

* Secretaria de Assistência Social no Sítio Trindade, no Pátio de São Pedro e na Praça do Arsenal.

* No interior: Quartéis do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar.


4 Responses to “Procura-se quem tenha o coração desenvolvido.”


  1. 1 Kélcia
    25 de junho de 2010 às 1:32 AM

    Eu li todo o texto… Já tinha me emocionado ao assistir uma matéria sobre o ocorrido, hoje de manhã. E ao ler o seu texto, só fez aumentar a minha vontade de ajudar! Não posso ajudar com muito, mas se cada um ajudar com o que puder, com certeza, fará diferença!

  2. 4 de julho de 2010 às 9:43 PM

    Muito legal a forma como se expressa.
    Gostei muito. Comparar antigos relacionamentos com as funções dos signos… Interessante mesmo.
    Fiz isso com filmes, já, haha.
    Abraços.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: