27
mar
10

Reticências Transmutada em Interrogação

angels1

Ah o Amor, tão complicado,
E às vezes. tão simples,
Sabe, dizem que é sentimento mais belo do mundo,
O único capaz,
De conquistar almas de soldados e vagabundos,
De nascer e morrer em apenas um segundo,
Aquilo que quanto mais se prolonga,
Mais parece ser profundo.

É o Amor em si, de todas as formas,
Em todas as suas facetas.

Tem a improvável sagacidade,
De estar presente nos bons momentos,
E nos ruins,
Apenas, porque ele é assim.

Os melhores momentos da sua vida,
Serão tragados pelo amor,
As lágrimas mais dolorosas…
Provirão do amor,
E assim por diante.

É, ele tem o poder de trazer a felicidade,
Só que, também tem o poder de tirá-la,
E mais além, tem o poder de gerar infelicidade,
OU a tristeza mascaradamente produzida…
É assim com todos os humanos,
Não só comigo, você, e a moça da esquina.

Simplesmente, porque ele faz dessas coisas.

Gostaria muito de acreditar,
Nas palavras que vivo dizendo,
‘O Amor não é justo’,
Mas ele é….
Na verdade se existe algo imparcial,
É o tall do Amor,
Já que ele nunca vai ser uma coisa banal.

Definições simplórias não vão servir,
Chamo-o de monstro, apenas por brincadeira,
Pois sei que, se o Amor fere é porque tem que ferir, e pronto!

O Amor nada mais é,
Que a burguesia da paixão,
A voracidade do coração,
A reticencia que nasceu em interrogação…
E mais infnitas dessas complicações.

Não pense que eu não o quero pra mim,
Longe disso, já abri meu peito,
Para que ele se instalasse de seu próprio jeito,
Só, não acho ele essas coisas todas que dizem por aí.

Não é o sentimento mais bonito,
E tenho dito,
Ele vai te consumir,
Mais cedo ou mais tarde,
Pois somos humanos não porque temos essa genetica,
Ou porque podemos pensar, mas porque podemos amar,
É assim e acabou.
Sem ponto final, só interrogação,
Já que estamos falando de amor.

Bruno Tôp


5 Responses to “Reticências Transmutada em Interrogação”


  1. 28 de março de 2010 às 4:30 AM

    Alice e Bruno,

    Acabei de descobrir o blog de vocês, e nossa! Adorei, é fantástico! Já li a página toda e resolvi antes de continuar, deixar um comentário aqui!

    Parabéns, ótimo o ‘trabalho’ de vocês juntos.

  2. 2 AUEHAUEHUAHEu
    28 de março de 2010 às 9:43 AM

    Reticências transmutadas em interrogação (olha a concordância).

    Ótimo texto!

  3. 3 Leah
    28 de março de 2010 às 4:15 PM

    nao sabia que tu tb escrevia poemas!

    ótimo texto! [2]

  4. 4 João Pedro
    30 de março de 2010 às 1:41 PM

    porque a foto é de supernatural?
    hauahuhauhuauhahahau
    ficou massa velho

  5. 5 Loli
    30 de março de 2010 às 1:43 PM

    adoro seus poemas!
    voce vai postá-los aqui a partir de agora é?
    beijos


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: