15
mar
10

Nada usual.

Carrego sempre comigo uma dose de alegria, não importa qual seja a origem dela: pode ser a memória de um sorriso, uma música, um momento, uma pessoa ou um objeto; essa dose me é essencial em alguns momentos. Sigo sempre o meu coração. Por onde ele for, levará junto meu sangue, minhas veias e todo o resto.

Não me preocupo muito com o futuro. Por muitas vezes os mais velhos tentaram me falar da importância dele, mas, eu sei que para os bons, impreterivelmente vai existir alguma coisa boa reservada. Sou corajosa, já que a coragem é necessária para alcançar as coisas que almejo.

Nunca gostei do usual, aprendi a me destacar com o simples. Não esqueça, no mundo de plumas e paetês em que vivemos, o simples é o que se destaca. O comum me cansa.

Muitas vezes fui chamada de louca. Eu, na verdade, nunca me levei muito a sério. As mesmas pessoas que me chamam de louca por tentar o improvável, ficam constantemente impressionadas com o fato de todas as minhas maiores loucuras darem certo. E o segredo é simples: Eu acredito.

Qualquer coisa que faço, eu acredito. Digo para mim e para todos que vai dar certo. E dá. Porque eu quero que dê e faço por onde.

As pesssoas mais inteligentes da história não seriam nada sem ousadia ou um pouco de loucura. Ouse, seja, acredite no improvável. Pense grande, nunca se conforme com o razoável. E, queira ser taxado de louco. Porque a loucura de hoje é simplesmente o genial de amanhã.


5 Responses to “Nada usual.”


  1. 1 Banana
    16 de março de 2010 às 1:41 AM

    Adorei!!!Eu sou um pouco assim também, a diferença é que me preocupo com o futuro(muito), mas arrisco muito, às vezes quebro a cara, às vezes ganho, mas não deixo de acreditar e lutar…eu sou a única pessoa que pode fazer alguma coisa por mim.

  2. 17 de março de 2010 às 10:07 PM

    Eu me preocupo excessivamente com o futuro, mas queria carregar esses sorrisos assim. Anda dificil, sabe? Tudo me faz ficar infinitamente taciturna…

  3. 4 Cecilia
    20 de março de 2010 às 12:27 AM

    o comum sempre é tão sem cor, sabor…

    otimo texto,

    beijos

  4. 5 Kélcia
    21 de março de 2010 às 11:05 PM

    Nossa… parece que vc me descreveu nesse texto =)
    Texto excelente, tanto é que coloquei no perfil do meu orkut… Mas é claro que coloquei tudo direitinho… nome de quem escreveu o texto (tá lá: Autora: Alice) e o nome do blog de onde eu retirei =)
    Mas se vc achar ruim eu tiro =(


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: