02
fev
10

excessão

shaio

Não sei se estou certa em fazer isso, mas vou ser impulsiva uma vez na vida, aproveitar o efeito da bebida, e me deixar levar pela vontade.

Enquanto meus dedos dedilham pelas cordas do violão, sinto a vergonha corar meu rosto, ainda bem que tomei aquela tequila com gosto, senão, acho que não suportaria todos os olhos voltados pra mim.

Não que eu seja tímida, você sabe que eu sou até meio extrovertida, é só que, quando eu era criança, e via o quanto minha mãe sofria por causa do amor, eu jurei a mim mesma e para os céus, que nunca cantaria sobre o amor, não sobre esse sentimento que parece ser tão bom, e sem as pessoas perceberem, despedaça seus corações. Não, eu sempre tive averssão ao amor, ele não devia existir, era algo banal, que as pessoas inventaram apenas para acreditar que o mundo tinha algo de bom.

Só que você apareceu na minha vida, uma existencia errante, um cafajeste romantico. Nunca foi o mais lindo, nem o mais inteligente, apenas o que tinha as melhores palavras, nos momentos mais oportunos. Eu te repeli, te empurrei, esnobei, e ainda continuaste aqui, por que?

Hoje eu vou cantar sobre o amor por isso, porque você é a única excessão. Você e seu jeito tão estranho, despertou algo em mim que eu sempre tive averssão!

Agora que sinto a expectativa crescer nas pessoas que observam eu terminar de afinar meu violão, também me dei conta, que talvez o amor nunca tenha me abandonado, bem no fundo da minha alma, ele sempre esteve lá, com medo, tendo esperança de que um dia eu te achasse? Peculiar… Talvez seja só o destino. O mais engraçado, é que eu fiz de tudo pra obliterá-lo, eu ergui minha cabeça, olhei pra frente, e me agarrei a solidão, não, eu nunca quis esse sentimento horrível que poderia me destruir da noite pro dia, sempre vi pessoas a minha volta venerarem o amor, sempre o achei o sentimento mais pifio que poderia existir. Eu tinha que achar um caminho em que o amor não fosse o centro das atenções, e eu encontrei, me distanciei dele, só que você apareceu, porque você sempre é a única excessão.

Sabe, eu deveria te odiar por isso, te odiar por ter destruido todos meus principios, meus gostos, meu jeito de viver, mas eu não consigo. Porque acho que te amo. E por isso estou te cantando uma música, talvez seja efeito da bebida, mas algo aqui dentro me diz que é o tão idolatrado amor.

Queria muito acreditar, que vai ser diferente, do amor que eu já vi acabar com as pessoas, mas eu sei que não vai ser, você vai me decepcionar, eu vou me fechar, machucada, chorar vários dias, e depois pensar ‘o amor é odiável’, é eu sei, sou uma garota deveras pessimista.

Você me jura que é excessão, como se soubesse o que estou pensando, talvez, só talvez, numa remota possibilidade, começo a acreditar, que o amor pode ser algo bom, que o amor pode trazer felicidade, e que você vai ver, é o meu “felizes para sempre”.


6 Responses to “excessão”


  1. 1 Leah
    3 de fevereiro de 2010 às 1:43 AM

    voce escreve muito bem!
    tou abismada!
    adorei! 😀

  2. 3 de fevereiro de 2010 às 7:22 PM

    À beira do abismo – o excesso, o preludio, o inverso.

  3. 3 Loli
    4 de fevereiro de 2010 às 5:19 PM

    queria saber a tocar violao!
    mais um texto lindo
    amo amo amo

  4. 4 João Pedro
    4 de fevereiro de 2010 às 5:21 PM

    essa música é muito boa,
    adorei o blog,
    parabens aos dois

  5. 5 de fevereiro de 2010 às 2:06 PM

    Eu queria que alguém entrasse na minha vida, só para me provar que eu estou errada em achar que só se ama uma vez. Ou pra me provar que eu nunca amei. O amor é bom, tem que ser! Adorei! Beijos

  6. 6 Cecilia
    5 de fevereiro de 2010 às 2:51 PM

    adorei o texto, Tôp
    ta lindo, fico impressionada em como tu escreve bem
    :B
    beijo


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: