08
jan
10

Tudo tem um lado ruim, até o verão.

 

Chegou o verão! E as férias também! Podem dar pulinhos de alegria. O verão é ótimo, não tenho raiva dele. Tenho raiva de ser mulher nessa época. É, talvez outras mulheres possam entender toda a raiva que tive hoje do verão.

Juro, dá raiva você ter que se depilar até a alma para colocar aquele biquíni lindo que comprou. Fora que se você está acima do peso é um tormento ir a praia ou clube e ver aqueles corpitos sarados em micro-biquínis.

E o cabelo? Meu cabelo passa por uma avacalhação geral nesse mês de praia… Quando chego em casa ele já está implorando por um salão.

Eu amo o verão, de verdade. Sempre passo o mês inteiro na praia, curtindo até a última gotinha dele. Mas o caos já começa em casa, na organização das coisas pra levar pra casa de praia. É travesseiro, Televisão, DVD, CD’s, rede, comida, cerveja, protetor solar, guarda-sol, material de limpeza, sogra, isopor, dominó, baralho… Caralho! É coisa que não acaba mais…

Daí você vai, enfia tudo no carro, de qualquer jeito que caiba. O carro vai superlotado de gente e a mala de coisa. E o pior, você não sabe em qual categoria se enquadra sua sogra, entre gente ou coisa. Então ela não vai na mala só por uma questão de praticidade, ela não iria caber.

Chegando na praia, você sente alívio, porque vai poder ficar a uma distância maior do que um banco da sua sogra. Daí, você olha pra cara da sua empregada, é possível sentir o ódio no olhar dela quando você abre a porta da casa, e vê o estrago que alguns meses sem uma faxina conseguiram causar na sua casa.

Tudo limpo, a casa organizada, quando você pensa que vai deitar na rede e curtir uma cerveja geladiiinha, você lembra… Ela não está geladinha. E percebe que todas as redes já estão ocupadas. Você pensa em ir no bar na beira da praia, mas lembra que aí você teria que levar sua sogra de arrasto. “Não! Quem quer beber qualquer coisa gelada na praia? Ninguém não é mesmo?”

Aí você vai tirar seu biquíni da mala, e lembra: “Oh my… Não fiz minha depilação!”. Daí você se afoga entre Blondor, cera quente, pinça, gilette, e aparelhos elétricos de depilação… Imaginando qual seria a melhor opção de última hora. No fim, você resolve que a melhor solução é esconder com um short o cantinho, depilar as penas com gilette e fazer as axilas com cera quente.

Tudo resolvido e você entra no mar, pra quê? Agora tudo arde, depois dessa sessão depilação, você não poderia esperar outra coisa. E percebe seu esmalte já descascando. Você sente uma agradável sensação, a água fica quentinha… “Puta merda! Mijaram aqui”. Sai do mar, e leva uma bolada de frescobol, e você pensa “faz jus ao nome, seu fresco!”. Quando pensa que vai ter paz, surgem do além quinze mil crianças correndo e gritando… E aí você percebe que um cachorro mijou na sua bolsa nova de praia. “Cacete!”.

Ignorando tudo, você senta na cadeira, pega a revista e começa a ler. A cada cinco segundos um carro de som com CD’s piratas passa tocando: “Ela sai de saia, de bicicletinha…”. E nos cinco segundos de pausa passa um nativo vendendo amendoim, protetor solar, o cara!#@ a quatro…

Quando você percebe, já é tarde e você já está da cor de um camarão. Tem sargaço e areia por onde você não imaginava que poderia entrar. Você volta pra casa, cheia de assaduras, e vai pro banho. Descarrega a praia que você trouxe no biquíne, e entope o ralo… Ao se olhar no espelho acaba soltando um gritinho de pavor, você parece o “seu sirigueijo” com uma vassoura na cabeça.

Unhas mal feitas, o corpo todo ardido, cabelo duro, e ainda perdeu no baralho pra quem? Quem? Quem? Ela mesmo, sua sogrinha! Aí, você pensa: “não pode piorar, não pode”! E pimba! Parabéns, você menstruou, amiga!

Você quer chorar, mas só o que você consegue fazer é rir, devido a quantidade de vodka ingerida e a música ao fundo, pra variar “ela sai de saia, de bicicletinha…”. Ah, inferno… Você resolve dormir. E quem disse que você encontra uma posição pra dormir? Tudo arde.

Finalmente você encontra uma posição, e o sono vai chegando, embalando… “PEEEEM PPPEEEMM, TUUUUNTZZ TUUUUNTZ!”. E começa a guerra de sons entre os seus vizinhos e suas caminhonetes turbinadas. “Oh céus!”. Você levanta fula da vida, olha pros lados e ataca o potão de sorvete na geladeira, sem culpa.

Senta do lado do seu namorado, que dá uma sacada em você de cabo a rabo e diz: “Amor, acho que você deu uma engordadinha…” – Você faz uma cara de ódio, fuzilando ele -. “… Erh… você tá linda, muito mais bonita! Antes tava assim, sei lá, muito magra!”.

Eu ainda amo o verão, apesar de tudo. Estou indo para praia amanhã, curtir tudo isso! E por esse mesmo motivo, o Blog ficará um pouco abandonado… Daqui há duas semanas estou de volta, com histórias novíssimas de verão. Bom verão e boas férias para todos!


9 Responses to “Tudo tem um lado ruim, até o verão.”


  1. 9 de janeiro de 2010 às 11:30 PM

    hahahaha depois dessa você ainda quer que a gente acredite que você ama o verão?
    beijos

  2. 10 de janeiro de 2010 às 9:28 PM

    Ok, deprimiu. Boa praia e bom verão pra vc. Td de good! Bju

  3. 3 minhamaequemedisse
    11 de janeiro de 2010 às 1:39 PM

    tava com saudade de passsar por aqui!

  4. 4 Nataly
    11 de janeiro de 2010 às 2:24 PM

    Garota, tu é corajosa, depois de tudo isso ainda querer ir “curtir” o verão a beira mar…haha… Boas férias!!!!!!!!!!!!

    Bjs
    http://natalyfala.wordpress.com/

  5. 11 de janeiro de 2010 às 7:41 PM

    Eu nem reclamo. Moro em salvador, aqui é verão o ano inteiro. Nunca pego uma cor, sou estranhamente branquela. Meu cabwelo é o mesmo lixo de sempre e… ah, prefiro o outono mesmo!
    Beijos.

  6. 6 Rah
    12 de janeiro de 2010 às 3:23 PM

    amiiiga.. que raiva da sogrinha hein! hsuhs
    adoreei o post. sei bem o que é sofrer com tudo isso no verão! :T
    beeeijo

  7. 14 de janeiro de 2010 às 10:37 PM

    Agora que eu voltei das viagens e vou passar os dias lendo você sai de férias??? ^^
    Ainda bem que tem vários posts que eu não li e não vou me sentir tão órfão nesses dias.
    E sei que tá meio atrasado, mas fica registrado aqui meu desejo de um excelente 2010 e também de uma feliz viagem à praia!

  8. 8 Mariana Bremecker
    22 de janeiro de 2010 às 3:43 PM

    Ah o único lado ruim desse meu verão, é que eu to trabalhando e só tá caindo chuva em SP, nem dá vontade de ir pra praia.

    http://maribremecker.wordpress.com/2010/01/22/como-virar-mulher/

    😀

  9. 26 de janeiro de 2010 às 1:54 PM

    Me diverti muito com esse post. ahuehauehauhe
    Verão é bom, mas tem lá suas coisinhas ruins.
    Boa viagem!
    beijos


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: