20
set
09

Encoleirando

coleira

A arte de flertar. Eu tava conversando com uns amigos meus, dia desses, e lembrei disso, eles me disseram “p#$$@ tôp, o que houve contigo?”. E ai eu fiquei com isso na cabeça sabe? Não que eu tenha mudado da água pro vinho, mas é que… Bem, como já falei, eu acho que eu do tipo ‘raposa’ (ou pelo menos era), e pra mim, não era interessante me amarrar, porque a melhor coisa que existia pra mim era flertar, nem precisava consumar o ato todas às vezes, só flertar mesmo, porque flertar sempre acaba em situações boas (um fora, que normalmente é engraçado em si, ou uma aceitação que é empolgante).

Bem agora eu estou encoleirado, e feliz com isso, mas não pude deixar de lembrar de como era, principalmente depois de ver um conhecido meu, muito parecido comigo, ficar flertando por ai, que os homens ‘raposas’ não são assim por quererem tripudiar das mulheres. Como já disse nos posts passados, eu acho que eles sempre vão encontrar uma coleira, mas até que encontrem, eles sempre vão ser indecisos.

É que nem na música da Kate Perry “cause you are hot then you are cold, You are yes then you are no, you are in and you’re out, we kiss, we make up, you don’t really want to stay, no, but you don’t really want to go”. Não é que ele não queira, mas é que também ele não quer seguir adiante. Só que ai é como minha amiga minha disse, mulher pensa assim “quer exclusividade? Peça em namoro”, então se ele quiser você INTEIRAMENTE pra ele, com certeza ele vai ser coagido a te pedir em namoro.

Agora, você não pode simplesmente cobrar que ele pare de cortejar as pessoas, porque isso é da natureza dele, acho que você deve se preocupar mais é com a lealdade dele à você. Pois cortejar outras garotas, ele vai cortejar, às vezes até sem querer, mas vai, então não dá pra você discutir com ele toda vez que o fizer, vá aceitando aos pouquinhos, que ele vai parando de cortejar, vai focando os flertes e os cortejos mais em você, porque do mesmo jeito que você é inteiramente dele, ele vai passar a ser inteiramente seu. Ai você diz “mas p#$$@ desde que ele me pede em namoro ele deveria ser exclusivamente meu!”, mas é como Alice disse num post anterior dela, a sociedade é machista, por exemplo eu te pergunto, sem preconceitos nem nada, mas quem é que tem mais liberdade pra fazer o que quer, o homem ou a mulher? O homem claro. Eu sei que existem as mulheres (e alguns homens) que são excessão à regra, mas se você é uma excessão, pra você encontrar um que seja uma excessão também, e mais importante ainda, pra que você se interesse por ele… Isso sim é um conto de fadas.

Como no final do clipe de Kate Perry, o homem acaba sucumbindo a pressão e aceita levar o relacionamento pra um estágio mais ‘claustrofobico’, porém você não pode esperar que ele deixe de ser uma ‘raposa’ pra se tornar um cachorrinho adestrado da noite pro dia, a evolução vai acontecer, de pouquinho em pouquinho, a velocidade vai depender do seu poder de persuasão, e mais importante de seduzi-lo.

É feito um amigo meu me disse dia desses sobre um rolo dele aí “tôp ela não sabe me fazer querer só ela sabe?”. E olhe que ele nem é do tipo ‘raposa’, ele seria do tipo ‘cão’ normal, não pensa muito no que faz, só faz, e tem um carisma natural que justifica qualquer erro. Essa garota com quem ele está ficando, esta na mão dele há três meses, e nada, ele mesmo disse, que se ela soubesse fazer ele já estaria totalmente apaixonado por ela, e namorando facilmente, só que ela não soube ‘encoleirá-lo’ sabe? Deixou ele, e ainda deixa, fazer o que quer, sem se sentir culpado por pintar e bordar. É como eu já disse, se a mulher não colocar o cara na linha, raramente o relacionamento vai dar certo.

Afinal, homem é tudo igual, é tudo cachorro, só que, nem todo cachorro é igual, então cabe a você descobrir qual o brinquedinho preferido dele, e principalmente, qual o jeito como ele fazer para ele comer a mesma ração, achando ela a coisa mais gostosa do mundo.


6 Responses to “Encoleirando”


  1. 21 de setembro de 2009 às 3:40 AM

    Rapaz… tu é o cara… tenho dito.

    Esse negócio de que todo homem é cachorro, acho um pouco forçado. Nem todos eles são cachorros ou raposas, ou papagaios – ou qualquer outro animal.

    É bom saber que você tá “encoleirado” Tôp, mas ainda acho que tá racionalizando muito essa tua fase. Quem sabe se você parar de pensar um pouco em ser ou não uma raposa acaba por curtir mais e analisar menos os fatos. Digo isso porque senti nos teus últimos posts sempre uma tendência a reduzir relacionamentos à parâmetros ou fórmulas. O coração tem razões, que a própria razão desconhece, meu caro.

    Se entrega pra tua digníssima e deixa as borboletas que habitam teu estômago falarem mais alto.

    Abraços!

  2. 2 Rah
    21 de setembro de 2009 às 5:09 PM

    “Afinal, homem é tudo igual, é tudo cachorro, só que, nem todo cachorro é igual, então cabe a você descobrir qual o brinquedinho preferido dele, e principalmente, qual o jeito como ele fazer para ele comer a mesma ração, achando ela a coisa mais gostosa do mundo.”

    Hahaha Muito bem escrito!
    Ótimo post!!

    Beijos
    ;*

  3. 3 Rah
    21 de setembro de 2009 às 5:15 PM

    Hmm… Quanto ao comentário de cima, cada um vê as coisas à sua maneira… Mas eu acho muito válidas suas reflexões sobre amor. Há quem prefira poemas melosos, há quem goste de textos mais racionais… Não importa. Continuem escrevendo do jeito que acham ser bacana! Sempre vai ter alguém que vai amar voltar para ler, mais emotivo ou mais racional.

  4. 22 de setembro de 2009 às 1:13 AM

    Rah… esclarecendo.

    Tôp sabe que eu to sempre por aqui, e que leio todos os posts, tanto dele quanto de Alice.

    Gosto muito dos dois escrevendo, e somos parceiros de blog!

    Comentei o acima dito demonstrando minha opinião sobre o post, mas isso não significa que não gostei, nem é nenhum demérito! Pelo contrário: o fato de comentar este post, como em tantos outros, é uma prova de que leio tudo que postam por aqui, até receita de bolo – se rolar.

    Que fique bem claro: gosto do que Tôp escreve, e estou sempre aqui.

    Abraços!

  5. 5 Coraline
    4 de outubro de 2009 às 1:56 PM

    homem na verdade nao quer é nada!

  6. 6 Loli
    4 de outubro de 2009 às 1:57 PM

    discordo,
    nao podemos deixar ele se esbaldar por ai isso sim
    se ta comigo, fique comigo,
    nada de dar em cima de ngm…


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: