29
ago
09

Cerejas

cere
Ironicamente, num só dia, duas grandes amigas minhas, pediram-me conselhos amorosos, e aí que vem a ironia, as duas tinham o mesmo problema. Elas gostavam (ainda gostam) de um cara (não é o mesmo cara ok? São dois casos diferentes) que não está muito interessado num relacionamento ‘fixo’.

Eu conheço bem esse tipo de cara, porque eu sou esse tipo de cara. Talvez agora mais não, porque estou encoleirado, e muito bem obrigado. Mas antes, eu vivia essa mesma situação, e a vivenciei antes de começar esse meu namoro que completará 4 meses no próximo dia 11.

Antes de contar qual conselho disse pras duas, tenho que explicar de qual tipo de homem estou falando. Vou chamá-lo de tipo Raposa (deixarei o link, de um texto antigo meu, explicando as categorias de homens existentes).

Primeiro, nós não gostamos de todas, gostamos só de uma, aquela especial, que nos coloca nos eixos, que nos faz ‘abaixar’ o rabo um pouco, que nos faz mandar mensagens confusas, porque nós mesmo não sabemos o que queremos.

Segundo, nós não queremos nada na verdade. Nossa vida é boa demais, nós temos ‘uvas e galinhas’, então pra que mais alguma coisa? (uva = mulher especial, galinhas = demais peguetes).

Terceiro, o que nos torna ‘Raposas’, é que conseguimos, com um pouco de astúcia (ou com muita), enrolar o máximo possível. Porque é simples, nós realmente gostamos da garota especial, ela realmente nos é importante (importante o bastante pra gente correr atrás), mas ela é um risco grande demais, não tem como saber se vale a pena abandonar um vida cheia de regalias cheias de flertes (porque normalmente nem precisamos consumar o ato de usufruir das galinhas, um flerte já é satisfatório), e se aceitarmos levar o relacionamento pra parte séria, ficaremos sem isso, e a graça da vida são essas aventuras!

Então aqui vai o meu conselho: faça com que ele só queira as uvas!

Não precisa ficar fazendo bem-me-quer, mal-me-quer não, você tem que ir a luta, tem que mostrar que é boa o suficiente pra ele.

Sério, foi o que minha namorada fez. Não me pergunte como, varia de mulher pra mulher. Porque como dizem, ninguém se apaixona apenas por beleza, ou por gostar de surfar, ou de gostar das músicas do Caetano, ou por saber escrever… Tem que ter um algo mais… Aquilo que torna cada ser humano único e especial.

Cada ser humano é único, então, você deve mostrar pra ele que apenas com você, ele vai ser feliz… E mesmo que você não acredite que é especial, eu vou te contar uma historinha que vi num manga chamado Fruits Basket. É mais ou menos assim:

“Todo humano é como bolinho de arroz japonês, ele olha pros outros e vê o recheio deles nas costas e passa a ter inveja disso, só que ele não sabe, que ele mesmo tem sua própria cereja nas suas costas, e aí passa a se considerar inferior que os outros, passa a sentir inveja das virtudes alheias, sem saber, que os outros que ele inveja, também sentem inveja dele, e de sua bela cereja”

É mais ou menos isso, principalmente com as mulheres, elas se acham inferiores, acham que aquele homem perfeito nunca vai olhar pra elas, mas não é assim, cada uma tem sua virtude, tem sua cereja, então cabe a vocês perceber o que é, e lustrar bastante, para que o homem perfeito em questão fique estupefado ao ver sua cereja, e não queira mais nada.

Então, não seja tão pessimista, se ele não te quiser, é porque ele não é o certo, leve a vida adiante, que você vai encontrar quem goste da sua cereja…

~texto sobre as categorias dos homens~ http://www.fotolog.com.br/brun0_top/46231793

~poema sobre ‘cerejas’~
http://www.fotolog.com.br/brun0_top/43518543


16 Responses to “Cerejas”


  1. 1 minhamaequemedisse
    29 de agosto de 2009 às 11:19 AM

    já falei que amo amo amo amo seus posts???

  2. 2 Joana Mariz
    29 de agosto de 2009 às 3:29 PM

    nunca pensei que ia ver um homem dar dicas tao boas,
    e ainda mais um homem que tem namorada!
    OHEOEHOHEOAHEOAHOEHAOAEHOAHOEHAOHAE

    ;**

  3. 3 Joana Mariz
    29 de agosto de 2009 às 3:29 PM

    sim e adorei a historinha,
    realmente mulheres são muito invejosas =/

  4. 4 João P.
    29 de agosto de 2009 às 3:30 PM

    se toda mulher seguir esse conselho teremos que dar adeus ao ditado popular,
    ‘todo homem é cachorro’

  5. 5 rafinha
    29 de agosto de 2009 às 3:38 PM

    e ai parceiro! aoiuehauoieh porra… Ta muito bom velho, realmente muitas coisas se encaixão =]

  6. 6 Bee
    29 de agosto de 2009 às 3:55 PM

    Isso tudo acaba sendo resultado de um choque de culturas,
    as pessoas não se conhecem. Não se amam, mas querem ser amadas.

    E vi o link do blog e amei.. tbm falo um pouco sobre isso no meu, passa lá ;*

  7. 7 Thaly
    29 de agosto de 2009 às 6:04 PM

    nós realmente temos que acreditar em nós mesmas ;]

  8. 8 Rah
    30 de agosto de 2009 às 2:57 AM

    muito bom! bora lustrar a cereja… e acorrentar o raposo! (sic)

    ;*

  9. 9 Nataly
    30 de agosto de 2009 às 6:56 PM

    Adorei seu blog, e isso que você relatou é pura verdade… Temos que parar de nos preocupar com o que querem que a gente sente, e sentir o que realmente sentimos…

  10. 10 Louise
    31 de agosto de 2009 às 1:16 AM

    gente qui textinhuh mara nossa!

    heheheehehehe

    comuh vcs conceguem ?
    nossa vo ficar comentando e vistando sempre :PP
    hihihih, beijinhos para lili e toto {desculpah a entimidadeh he;#}

  11. 11 Juliana
    31 de agosto de 2009 às 3:59 AM

    Gostei da história. Seu blog está show!
    bj

  12. 12 Coraline
    31 de agosto de 2009 às 1:11 PM

    otimo texto tou amando esse blog!!

  13. 13 osolimpianos
    31 de agosto de 2009 às 2:44 PM

    Cade o link da categoria dos homens?

  14. 14 Alice
    31 de agosto de 2009 às 7:08 PM

    Não consegui arrumar os links, tá dando erro, mas é só copiar e colar na barra de endereços que vai 😉

  15. 15 Nataly
    2 de setembro de 2009 às 11:16 AM

    Bruno devo admitir, nunca tinha lidos textos seus.. Não sei porque… rs.. desculpa, isso foi um erro.. Amei o texto cerreja e como você define as mulheres. Virei fã!!!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: