17
ago
09

If I fell…

Eu estava bem informada quando resolvi me envolver com o homem errado. Mas, antes disso, vem todo o processo de aproximação. Tudo começou com uma música… Ah, eu não resisto a caras musicais! Ao lado deles, parece que a vida é um videoclipe. Um amigo em comum e o número do meu celular, foi o que ele precisou para chegar em mim.

Com mensagens, gosto musical idêntico ao meu e uma escrita completamente charmosa e envolvente, não demorou muito até eu me encantar pelo incorreto. “Você sabe que ele não te ama, que você não está linda hoje, que você nem é tão interessante assim, mas não importa… Soa tão bem na voz gostosa dele que ele podia falar horrores e você ficaria ali quietinha só para não perder nenhum som que ele emite.” (a conclusão da briga que virou rotina depois que eu conheci ele, entre o anjinho e o demoninho da minha cabeça). Não que eu não tenha minhas qualidades, mas comparadas as dele, eu virava simplesmente mais uma no meio da multidão. E achava justo que assim ele me considerasse.

Quem nunca ouviu falar nele? O homem errado assombra todas nós, e não sei de uma mulher que nunca tenha caído em tentação. Pudera! o ser errante é lindo, carinhoso, educado, cheiroso, cavalheiro, tem pegada e ele realmente se importa com você (por uma noite!e nos momentos que a antecedem). Enfim, ele tem tudo que a gente quer e mais um pouco. O problema está justamante no “mais um pouco”! Ele é desavergonhado e não espera que apareça alguém especial nem tão cedo, quer mesmo é curtir seus vinte e poucos anos (sem nenhuma mala e/ou namorada pra atrapalhar).

No começo a gente pensa que vai conseguir ser especial , que vai ser diferente pra ele e com sorte, fazer ele se apaixonar… Mentira, a gente sabe que não vai conseguir, mas, que mal tem? Como diria a música; “eu sei, não é assim mas deixa eu fingir…” Nós, mulheres ficamos sim, intrigadas com homens que não se apaixonam e adoramos entrar nesse jogo, afinal, nada como um bom desafio! Se conseguimos miraculosamente fazer o bofe gamar, tudo bem. Se não conseguimos espalhamos pra Deus e o mundo que ele é um safado mesmo, que não beija bem, e que a gente nem queria ele tanto assim.

Finalmente, chegou o dia! Depois de tanta ligação (ainda adoro a voz dele), enrolação e mensagem, maracamos um encontro num bar engraçadinho e, nesse dia, terrivelmente lotadinho da cidade. De longe vi a criatura! De branca voei sem escalas pro vermelho, como o céu que só fica azul por conta da atmosfera. Um beijo e realmente, ele bem que se assemelhava a uma atmosfera só minha nessa noite. Uma noite linda, e quando ele me deixou em casa me dei conta que poderia ser a última, mas, que fosse! Valeu a pena, até pra quem entrou no jogo só atrás de diversão e acabou se apaixonando, porque ele que é malandro velho, sabe como fazer uma noite ser especial.

Ainda nos vimos alguns dias na semana seguinte. Mas uma semana depois, não tinha mais notícias dele. Eu só conseguia pensar que raramente, o homem errado, pode ser o certo. E que mais raramente ainda, ele também poderia se apaixonar. Por mais avisos que eu tenha recebido para não me envolver, eu fui contra todos e segui o meu coração que há tempos estava enferrujado e esquecido no porão. Fui atrás dele, disse tudo que sentia, e quase como num sonho ele respondeu com uma canção: “If I fell in love with you, would you promise to be true? And help me understand ‘cause I‘ve been in love before…”

Estamos juntos, eu descobrindo todas as dificuldades em se apaixonar pelo homem errado e ele descobrindo como é se apaixonar. No fim, por baixo de toda a armadura, ele é só um garotinho que morre de medo de se apaixonar, de ser rejeitado, e de todas essas coisas que envolvem sentimentos e um coração que ainda não sabe como superar suas possíveis dores. Ele destrói corações, para que não destruam o dele. O homem errado deixa escapar a mulher certa pra ele porque, na hora que ele olha dentro do olho dela, mesmo que no subconsciente, ele acha que é impossível caber tanto sentimento dentro dele e que possa existir alguém que possa mudar essa sua “condição”.


9 Responses to “If I fell…”


  1. 1 meninasonly
    18 de agosto de 2009 às 1:50 AM

    Adorei!!! Obrigada pela visita e pelo link!
    Beijos!!!

  2. 2 terraroxa
    18 de agosto de 2009 às 4:29 AM

    huuummmm… bacana… gostei da história… acontece com mais frequência do que a gente imagina… apaixonar-se pela pessoa errada que, na verdade, acaba sendo a certa, pelo menos pro que a gente sente…

    só um conselho, mais técnico mesmo… dê uma ajeitadinha no blog, pra ele ficar mais atraente visualmente… coloque mais elementos na barra da direita…

    no mais, bom texto…

    vou adicioná-lo nos meus blogs.

  3. 19 de agosto de 2009 às 4:36 AM

    É, quem nunca se apaixonou por um desses, não é verdade? Adorei o modo como escreveu, uma forma gostosa de ler! 😀

    Obrigada pela visita e pelo link, já está nos favoritos!

  4. 4 adrieelle
    19 de agosto de 2009 às 3:26 PM

    Opa, obrigada pelo comentário lá no meu blog.
    O seu está muito bom também.
    continue a escrever e nunca tenha vergonha,pois é a melhor arma que temos.
    abraços.

  5. 5 ithinkred
    20 de agosto de 2009 às 11:08 AM

    excelente texto!

  6. 21 de agosto de 2009 às 3:00 AM

    Falarei como homem.

    De início, agradeço a visita no me blog. Obrigado, mesmo!

    Agora para o outro assunto:

    Mas o quê é o homem certo? Basta ter o seu gosto musical?

    O Homem certo é aquele que a respeita, querida. Trata você com a mesma dedicação e respeito com os quais você o trata! Se ele gosta disso, ou daquilo, não importa.

    O que vale é a reciprocidade. O resto é bobagem.

    E claro, gostar dos “The Beatles”, é condição “sine qua non”.

    Novamente, obrigado pela visita.

    João

  7. 7 Cerejasloucas.blackzinhapower.
    31 de agosto de 2009 às 1:04 AM

    que texto EXCELENTE meu!

  8. 8 Isalindita
    31 de agosto de 2009 às 1:27 AM

    “If I fell in love with you, would you promise to be true? And help me understand…”

    amo essa música sinceramente, beijinho :*


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: