04
mar
10

Caso ou compro uma bicicleta?

 

Como alguém pode ficar em dúvida em coisas tão diferentes? Mas a verdade é que, quando temos que decidir entre A ou B, não importa se elas não tem nada em comum: o que importa é que queremos mesmo descobrir qual delas nos satisfaz. É isso que vivemos procurando, satisfação.

Faço Direito ou Medicina? Namoro ou fico solteira? Viro atriz ou jornalista? Moro só ou com meus pais? Caso ou compor uma bicicleta? É tudo muito diferente, mas tem o mesmo objetivo: satisfação. Somos eternos insatisfeitos, e quando fazemos uma escolha queremos que seja “a escolha”.

Em algum momento, a gente devia perceber que o certo é que não existe apenas uma opção certa para cada dúvida, e que se a gente se arrependeu de algo, é porque esse algo não é mais o que nos satisfaz (mas já foi um dia).Nada do que a gente decidir, vai nos trazer a satisfação eterna. É verdade, às vezes estamos satisfeitos, por 3 minutos ou 3 anos. Mas, em algum momento as dúvidas vão começar a surgir.

Chega um momento que ou a gente tem que decidir se dedicar ao outro, ou a si mesmo. E não tem nada mais individualista que uma bicicleta (tá, talvez tenha, mas não vem ao caso): um acento, um único e exclusivo acento. Um dia a maioria de nós, sonhou com uma bicicleta de natal. Ela representava a ideia maluca de dominar o mundo sobre duas rodas, de se aventurar, representava adrenalina.

Casar, pra alguns, representa abrir mão dos seus sonhos por outra pessoa (e num futuro próximo por “outras pessoas”, os filhos). Casar ou comprar uma bicicleta? São os lados opostos de uma bifurcação. Essa frase pra mim, soa como “não sei se caso ou me dedico aos meus sonhos”. Direita ou esquerda, pra onde você vai?

E por que não viver as duas vias? Casar e comprar uma bicicleta! As duas opções não são excludentes. Um grande amor pode ser tão pleno, que a gente sente como se tudo fosse possível. Temos direito a todas as opções de felicidade, juntas, separadas, ao mesmo tempo ou não. Não é essencial a escolha de uma opção só.

Podemos casar e ter uma bicicleta. Ter alguém e ter o mundo. Trazer a realidade os sonhos de alguém e realizar os meus. Afinal, ambos são tão iguais em sua diferença: Por mais tempo que seja o espaço de tempo, a gente não esquece como é ser feliz, e vai reaprendendo, com alguns tropeços iniciais.

Logo logo estamos nós, sem medo algum, sem as duas rodinhas traseiras, de mãos pro ar… Completamente entregues às manobras radicais, cheios de si e de coragem para lidar com o mundo que a simples “magrela” pode nos proporcionar.

Não quero fazer apologia ao amor ou ao casamento, muito menos dizer pra abrirem mão de seus sonhos por alguém. Mas já dizia Vinicius de Moraes: “Ame. Porque nada melhor que um amor correspondido”. A atividade física só faz bem porque reduz o risco de diversas doenças e aumenta a produção de serotonina (o hormônio da felicidade). Um bom casamento alivia as pressões do dia a dia e nada melhor do que um grande amor pra viver feliz. A solução é simples, case e compre duas bicicletas.


12 Responses to “Caso ou compro uma bicicleta?”


  1. 4 de março de 2010 às 9:00 PM

    como já diz um dos 10 principios da economia:

    a vida é um tremendo TRADE-OFF :B

    só acho que tu podia ser mais impulsiva hehe :]

  2. 4 pontadospes
    5 de março de 2010 às 12:53 AM

    tá, não conheço alice, só tôp, mas precisava dizer que ficou sensacional! :D

  3. 5 de março de 2010 às 4:40 PM

    Olá, Alice.
    Adorei o seu texto. O seu ponto de vista é exatamente igual ao meu “Case e compre duas bicicletas”
    É tão difícil fazer escolhas, e é tão bom quando podemos colocar todas as opções juntas e levá-las em um pacote.
    beijão

  4. 6 de março de 2010 às 1:43 AM

    O tempo muitas vezes não deixa vc casar e andar de bicicleta. O tempo quebra sua bicicleta…

  5. 8 João Pedro
    7 de março de 2010 às 9:17 PM

    eu jurava que a musica relacionada desse post ia ser ‘ela sai de saia e bicicletinha’
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk…
    foi o q eu pensei qndo vi o titulo do post.
    as nossa vida é reflexo das nossas escolhas, as nossas escolhas sao reflexos da nossa vida, e assim se cria o ciclo do destino :D

    beijo

  6. 8 de março de 2010 às 2:27 PM

    “Casar” para mim é um constante admirar a individualidade alheia. Eu estou com a minha menina por gostar dela, não somente por supervalorizar o meu relacionamento com ela – no sentido de tornar o relacionamento um fim em si mesmo. A conheci solteiríssima, engraçada, boca suja, dançando até o chão e sempre faço de tudo para que a minha mocinha continue com aquele charme que me fez ficar abestalhado.

    Tem gente que não sabe amar, e acha que casar é diferente de comprar duas bicicletas. Eu diria até que casar é fazer amizade num parque, durante umas pedaladas, e decidir pedalar com aquela outra pessoa todos os dias. Veja bem, pedalar com ela, mas em bicicletas diferentes. Afinal, ela tem aquele jeitinho de se erguer quando encontra um buraco, e você, toda vez que vê uma pedra, tenta dar aqueles saltos estilosos e quase sempre aterriza mal. Ambos, ele e ela, morrem de rir quando isso acontece. Afinal, o bom casal sempre olha para o outro com o olhar do novo, num eterno reapaixonar.

    Parabéns pelo texto Alice!

  7. 10 Banana
    9 de março de 2010 às 4:48 PM

    Alice, adorei o texto. Tô meio tristinha e seus textos estão me ajudando muito. Parabéns!!

  8. 12 Banana
    9 de março de 2010 às 4:58 PM

    Tuca, adorei o que vc escreveu. Me identifiquei com a descrição da sua amada, vc é uma cara de sorte por tê-la encontrado e principalmente por aceitá-la do jeito que ela é, ela deve ser muito especial.
    Felicidades e saudações tricolores!!!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: